Públicado em: 28/11/2017 ás 15:15:00

Planejamento

Planejamento orçamentário (LDO 2018) é aprovado em primeira votação

O projeto precisa ser aprovado em duas sessões. A previsão é que a proposta volte a pauta de votações na próxima segunda-feira (04)

Ascom/Marcello Paulino

Foto por: Ascom/Tarsila Borges

Os vereadores aprovaram na noite desta segunda-feira (27), em sessão ordinária, o Projeto de Lei n. 72/17, que trata das Diretrizes Orçamentárias (LDO), referentes ao ano de 2018.

A aprovação do projeto, em primeira votação, faz parte do processo de planejamento orçamentário do município para a execução das propostas da administração pública, para o ano seguinte.

“A LDO é um dos instrumentos de planejamento da gestão. É na Lei de Diretrizes Orçamentárias que o prefeito estabelece os projetos que serão desenvolvidos no ano seguinte, de acordo com a previsão de orçamento”, ressaltou o presidente da Câmara, vereador Mano.

Para 2018, está previsto um orçamento total de R$ 263 milhões. A Educação ficou com a maior parte, R$ 81 milhões, seguido da Saúde, R$ 61 milhões e da Secretaria de Obras, com R$ 30 milhões.  

Dentro do planejamento do município, os vereadores apresentaram 27 emendas, sendo 20 aditivas e sete modificativas, que também foram aprovadas dentro do projeto da LDO.

O presidente da Câmara, ressaltou a parceria entre os vereadores na elaboração das emendas. Segundo ele, em anos anteriores, as propostas eram elaboradas individualmente, de acordo com o trabalho de cada parlamentar.

“Tivemos um número recorde de emendas, 27, isso demonstra a seriedade e o compromisso dos vereadores com o povo luverdense. São propostas que foram elaboradas ouvindo a comunidade e que serão levadas em consideração pelo prefeito.”

Além da elaboração das emendas, os vereadores reduziram o próprio orçamento e destinaram antecipadamente quase R$ 1 milhão para o financiamento dos projetos.

Entre as principais propostas, estão a implantação do castramóvel, a ampliação do Centro de Educação Infantil Anjo Gabriel e o apoio aos projetos de agricultura familiar e as entidades.

Dentro da gestão pública, existem três instrumentos de planejamento, o Plano Plurianual (PPA), que estabelece as metas para os quatro anos, aprovado na última semana, a LDO, que dever ser votada novamente na próxima segunda-feira (04) e a Lei Orçamentária Anual (LOA), que deve ser votada nas próximas semanas.


  • Tags:
  • #LDO 2018
  • #Planejamento
Copyright® 2017. Câmara Municipal de Lucas do Rio Verde. Todos os direitos reservados.