Publicado: 29/08/2019 ás 12:52:00
Autor: Ascom/Marcello Paulino
Foto por: Ascom/Marcello Paulino

O vereador Jiloir Pelicioli (PDT), conhecido como Mano da Saúde, se reuniu na tarde desta quarta-feira (28), com representantes do município de Sorriso, o prefeito Ari Lafin, o presidente do Legislativo, Cláudio Oliveira, o vereador Bruno Delgado e o secretário de Saúde Luis Fábio Marchioro.

A reunião foi realizada na Câmara de Vereadores de Lucas do Rio Verde, com o objetivo de discutir a implantação de um centro de hemodiálise e ressonância magnética dentro do Hospital Regional, em Sorriso.

Segundo o vereador Mano, o projeto vem sendo discutido desde o ano passado. A intenção de instalar as unidades no Regional de Sorriso, é para atender toda a população dos municípios da região.

"Eu tentei encaminhar esse processo aqui pra Lucas do Rio Verde, mas não foi possível por conta da resistência do prefeito e da Secretaria de Saúde. Mas agora, com o apoio dos municípios da região, nós vamos fazer acontecer e beneficiar a todos."

Serão necessários aproximadamente R$ 6 milhões em investimentos. O vereador já se reuniu com a bancada mato-grossense, que se comprometeu em destinar recursos para a instalação das unidades.

Segundo o prefeito de Sorriso, Ari Lafin, o município também já vinha trabalhando junto ao Estado e governo federal, para a implantação do serviço, beneficiando a população sorrisense.

"O nosso interesse é o desenvolvimento regional. Vamos discutir essa proposta dentro do Consórcio de Saúde e com o apoio dos prefeitos e dos vereadores da União Parlamentar do Vale do Teles Pires, vamos avançar."

Recentemente, o Hospital Regional de Sorriso, que é referência no atendimento em saúde para os municípios do entorno, recebeu o anúncio de uma grande reforma.

Segundo o vereador Mano, a instalação dentro do hospital, facilitaria no credenciamento dos serviços junto ao Ministério da Saúde, com a vinda de recursos para a manutenção dos serviços.

"Precisamos pensar de forma inteligente, não adianta dizer que vai trazer para o São Lucas e depois ficar só na conversa. Consegui R$ 1 milhão para a implantação do Hemocentro e perdemos por falta de interesse. Até hoje, não conseguiram credenciar nem as UTIs."

O presidente da União Parlamentar do Vale do Teles Pires, presidente do Legislativo de Sorriso, Cláudio Oliveira, ressaltou a importância da união dos prefeitos e vereadores da região, em busca de soluções para os problemas que afetam a todos.

"Não é justo, chega a ser desumano, um paciente viajar de Guarantã do Norte até Várzea Grande pra fazer uma ressonância, ou um paciente sair de Lucas e ir a Sinop três vezes por semana, pra fazer a hemodiálise. Precisamos ampliar os serviços, facilitar o acesso e garantir mais saúde pra quem precisa."


  • Palavras-chave:
  • Saúde
  • Regional
  • Hemodiálise
  • Ressonância Magnética

  • Copyright © 2019 - Camara Municipal de Lucas do Rio Verde - Todos os direitos reservados.