Publicado: 16/07/2018 ás 10:55:00
Autor: Ascom/Marcello Paulino

Legenda Foto: Ascom/Tarsila Borges

A Câmara de Vereadores aprovou na última sessão ordinária, realizada na sexta-feira (13), o Projeto de Lei n. 71/18, que trata da destinação de R$ 1.350.000,00 para a Fundação Luverdense de Saúde.

A entidade é responsável pela administração do Hospital São Lucas. O recurso será utilizado no pagamento de despesas, como, folha de pagamento, 13° salário, energia, alimentação, material e medicamentos.

Segundo o vereador Airton Callai (PSB), o valor é para auxiliar no custeio de despesas ocasionadas pelos atendimentos da população, por meio do Sistema Único de Saúde (SUS).

“Existe um déficit mensal referente aos atendimentos SUS, que gira em torno de R$ 400 mil a R$ 600 mil. Em abril, o Governo do Estado ficou de assinar um convênio, no valor de R$ 500 mil, mas isso não aconteceu e o município vem auxiliando para garantir o atendimento do hospital.”

O auxílio-financeiro será pago em dez parcelas mensais no valor de R$ 135 mil, mediante a prestação de contas ao Poder Executivo, Legislativo e Conselho Municipal de Saúde.

Na última semana, a diretoria da Fundação Luverdense de Saúde e a equipe gestora do hospital apresentaram o balanço, referente aos atendimentos via SUS, convênios e particulares.

De acordo com o relatório, as receitas provenientes dos procedimentos particulares e convênios aumentaram, no entanto, o índice de pacientes atendidos por meio do SUS gira em torno de 85%.

Como entidade filantrópica, o HSL deve disponibilizar 65% dos atendimentos aos pacientes do SUS.


  • Palavras-chave:
  • Saúde
  • SUS
  • HSL

  • Copyright © 2018 - Camara Municipal de Lucas do Rio Verde - Todos os direitos reservados.